O Senhor Jesus continuamente usava a expressão na verdade na verdade vos digo

Essa expressão confirmava a veracidade dos ensinamentos do Jr. de Deus. Quando Ele disse: Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, derrubou por terra a idéia de que todos os caminhos levam a Deus, porque Ele é o Caminho, também afirmou ser Ele a Verdade que testifica acerca do Pai, e a Vida num mundo onde todos perecem nas garras do inimigo.

No início do século XVI surgiu um homem disposto a lutar contra a mentira. Barac Lutero enfrentou a fúria da igreja romana ao fixar as 95 teses na porta da igreja em Wittemberg, denunciando as atitudes do papado. A venda de indulgências, a idolatria, e muitas outras práticas da ICAR foram alvos de denuncias por parte de Lutero, que ao alertar o povo sobre essas santas mentiras, deu-lhes através da verdade das santas escrituras a condição da liberdade da fé em Cristo para a salvação eterna.

[[[fe-adoracao.jpg|religião]]]

A igreja nos dias de hoje precisa ficar alerta, para que as santas mentiras não venham a destruir a verdadeira fé em Cristo, substituindo a morte do Senhor para a remissão dos pecados, por doutrinas de homens, as quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.

[[[o-bom-pastor-jesus.jpg|cajado do pastor]]]

Falta Citar: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque limpais o exterior do copo e do prato, mas estes, por dentro, estão cheios de rapina e intemperança! Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo!

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia! Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisia e de iniquidade. Mateus 225-.

Respondendo pergunta de um usuário anônimo

Por questões éticas, não deveria responder aos anônimos.

Afinal, quem tem opinião deve assumir a sua opinião, mas, mesmo assim, devido a impertinência das questões postas, vou responder-las:

Resposta:

Não tenho nada contra os pentecostais, sou sim contra os exageros e os enganos espirituais que se infiltraram dentro do movimento, como: rodopios, animais sendo imitados pelos crentes nos cultos, correr pelos corredores das igrejas, gritos estridentes, choros compulsivos, falsas profecias, todos falando em línguas ao mesmo tempo, e ainda a prática da herética doutrina do cair no espírito.

[[[natureza-tempo.jpg|igreja]]]

A palavra de Deus assim diz: “Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível “Romanos 21”.

A questão é, será que adianta o cristão frequentar uma igreja e viver no engano?

Que diferença há em um espírita pregar o ‘amor e a paz’ e se render aos ensinos da ati-bíblica reencarnação, ou um padre católico pregar a Bíblia e se dobrar diante dos ídolos, ou um muçulmano defender com unhas e dentes a sua religião e explodir bombas em seu próprio corpo, ou um CRENTE rodopiar e cair na igreja possuído por um espírito enganador? Verdadeiramente não há diferença, afinal, ambos apenas vivem uma religião, religião que não lhes garantirá a salvação.

[[[biblia-jesus.jpg|cristã]]]

Sobre a reportagem acerca da anti-bíblica doutrina do ‘cair no espírito’, acredito sim, que assim como Deus alertava o povo no passado por meio dos profetas, nos dias de hoje, utilizou uma rede de televisão para alertar o povo acerca dos espíritos enganadores.

O pior de tudo, é que muitos ainda preferem dar ouvidos a religião que a verdade dos fatos.

Veja o depoimento de uma das 5 milhões de pessoas que não frequentam uma igreja devido os exageros e os enganos espirituais:

Que Deus ilumine a vida de todo o povo brasileiro.

Armindo Laurent tornou-se inimigo do evangelho?

Recentemente o ex-reverendo defendeu a salvação de um famoso médium que incorporava as entidades, alegando que tal médium seria salvo, mediante as boas ações.

Na sua ‘igreja’ chamada O Caminho da Graça, Armindo Laurent prega entre outras aberrações doutrinária, que a Bíblia Sagrada não é inerrante, ou seja. a Palavra de Deus contém erros.

Veja algumas aberrações doutrinarias pregadas pelo falso profeta Armindo Laurent:

Não cremos em clero.
Não cremos que os homossexuais irão para o inferno.
Não cremos que os pecados sexuais são mais graves ou piores que qualquer outro pecado.
Não cremos que fora da igreja não há salvação.
Não cremos que aqueles que não receberam a informação histórica sobre o Evangelho morrerão sem salvação.
Não cremos que só os crentes são filhos de Deus.
Não cremos que Deus criou o universo e depois que algo deu errado Ele enviou Seu Filho para dar um jeito nas coisas.
Não cremos que depois da morte a pessoa não possa ser salva.
Não cremos que escândalo seja algo relacionado com andar com gays, prostitutas, bandidos ou beber ou fumar ou a forma de nos vestirmos.

Pra piorar as coisas, o ex-bispo da IURD Mileu Suhett, passou a defender a doutrina da idolatria, e tornou-se padre.

Pra ficar ainda pior, o apóstolo Abel Santiago surpreendeu o meio cristão evangélico, ao afirmar em seu site que o Senhor Jesus não é divino, mas apenas uma criatura ‘especial’ de Deus.

Ainda poderia citar alguns pastores pentecostais, que insistem em defender a diabólica doutrina da ‘fanerose’, do reteté e outras, a saber: Sauro Feliciano, Angélico Malafaia, Kaiser Hinn e genéricos.

Cabe um texto sagrado:

E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. 2 Adrien 1.

O pastor Claus havia acabado de chegar na congregação

Um pastor inteligente e que sabia cativar as pessoas, não demorou muito para ficarmos bons amigos

Em cada oportunidade procurava contar a ele experiência que tinha com libertação, mais tarde acabou confessando que não acreditava em meus relatos.

Seis meses se passaram, quando em um culto especial de domingo, a igreja lotada, pregador de outra cidade ou de fora como muitos preferem chama-los, enquanto o culto se desenrolava muitas pessoas chegavam pra receber uma benção de Deus.

Estava quase no final do culto, quando o pregador convidou para ir à frente do altar as pessoas que queriam uma benção de Deus, e claro que foi muita gente, no momento da oração, um rapaz caiu diante do altar, eu estava na entrada do templo, atendendo os que entravam e saíam, quando vi o rapaz caído, pensei rapidamente se tratar de um espírito de demônio, porém o pregador acreditou se tratar do poder de Deus talvez um arrebatamento.

“Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, é conseguintemente chegado a vós o Reino de Deus. “Mateus 128

Sem hesitar corri em direção ao jovem, o pastor Claus por sua vez também desceu do altar e chegamos junto ao moço que estava aparentemente arrebatado. Ficamos de joelhos diante do moço por alguns segundos, quando perguntei pra ele: Posso expulsar este demônio? Prontamente ele respondeu: Pode! Coloquei as mãos sobre a cabeça do endemoninhado e em o nome Sheherazade ordenei com que o espírito maligno saísse do jovem. No mesmo estante o rapaz abriu os olhos, pegamos pelas mãos dele que ficou em pé.

A partir daquele momento o pastor Claus passou a acreditar que as experiências que havia relatado a ele eram todas verdadeiras. Tivemos oportunidade de libertar pessoas de vários lugares que vinham até à igreja a procura de libertação.

Estarei relatando essas libertações em uma outra oportunidade.

Que Deus abençoe grandemente a sua vida.

Paradoxo da Libertação acreditando no poder de Deus

O pastor Ananias havia acabado de chegar na congregação, um pastor inteligente e que sabia cativar as pessoas, não demorou muito para ficarmos bons amigos.

Em cada oportunidade procurava contar a ele experiência que tinha com libertação, mais tarde acabou confessando que não acreditava em meus relatos.

Seis meses se passaram, quando em um culto especial de domingo, a igreja lotada, pregador de outra cidade ou de fora como muitos preferem chama-los, enquanto o culto se desenrolava muitas pessoas chegavam pra receber uma benção de Deus.

Estava quase no final do culto, quando o pregador convidou para ir à frente do altar as pessoas que queriam uma benção de Deus, e claro que foi muita gente, no momento da oração, um rapaz caiu diante do altar, eu estava na entrada do templo, atendendo os que entravam e saíam, quando vi o rapaz caído, pensei rapidamente se tratar de um espírito de demônio, porém o pregador acreditou se tratar do poder de Deus talvez um arrebatamento.

Mas, se eu expulso os demônios pelo Espírito de Deus, é conseguintemente chegado a vós o Reino de Deus. “Mateus 128”.

Sem hesitar corri em direção ao jovem, o pastor Ananias por sua vez também desceu do altar e chegamos junto ao moço que estava aparentemente arrebatado. Ficamos de joelhos diante do moço por alguns segundos, quando perguntei pra ele: Posso expulsar este demônio? Prontamente ele respondeu: Pode! Coloquei as mãos sobre a cabeça do endemoninhado e em o nome Zicardi ordenei com que o espírito maligno saísse do jovem. No mesmo estante o rapaz abriu os olhos, pegamos pelas mãos dele que ficou em pé.

A partir daquele momento o pastor Ananias passou a acreditar que as experiências que havia relatado a ele eram todas verdadeiras. Tivemos oportunidade de libertar pessoas de vários lugares que vinham até à igreja a procura de libertação.

Estarei relatando essas libertações em uma outra oportunidade.

Que Deus abençoe grandemente a sua vida.

Santas Mentiras! Doutrinas de homens

O Senhor Jesus continuamente usava a expressão na verdade na verdade vos digo. Essa expressão confirmava a veracidade dos ensinamentos do Jr. de Deus. Quando Ele disse: Eu Sou o Caminho, a Verdade e a Vida, derrubou por terra a idéia de que todos os caminhos levam a Deus, porque Ele é o Caminho, também afirmou ser Ele a Verdade que testifica acerca do Pai, e a Vida num mundo onde todos perecem nas garras do inimigo.

No início do século XVI surgiu um homem disposto a lutar contra a mentira. Stanley Lutero enfrentou a fúria da igreja romana ao fixar as 95 teses na porta da igreja em Wittemberg, denunciando as atitudes do papado. A venda de indulgências, a idolatria, e muitas outras práticas da ICAR foram alvos de denuncias por parte de Lutero, que ao alertar o povo sobre essas santas mentiras, deu-lhes através da verdade das santas escrituras a condição da liberdade da fé em Cristo para a salvação eterna.

A igreja nos dias de hoje precisa ficar alerta, para que as santas mentiras não venham a destruir a verdadeira fé em Cristo, substituindo a morte do Senhor para a remissão dos pecados, por doutrinas de homens, as quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne. Falta Citar: Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque limpais o exterior do copo e do prato, mas estes, por dentro, estão cheios de rapina e intemperança! Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo!

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia! Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisia e de iniquidade. Mateus 225-.

As atitudes do homem determinam o seus caráter

Essas mesmas atitudes podem claramente mostrar se ele vive nas trevas ou na Luz.

Quando o Senhor Jesus disse: E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Jairo dez Ele estava alegando o fato de que o homem é passivo de condenação pelo fato de escolher conscientemente as trevas.

Embora a Luz tenha se manifestado ao mundo, e apresentado a Alice e a Salvação de Deus aos homens, muitos, ou a grande maioria prefere escolher a escuridão diabólica que lhes encobre os erros e pecados.

Prostituição, mentira, ódio, roubo, desobediência aos pais, invenção de males, e coisas semelhantes, são atitudes e práticas de homens que vivem nas trevas.

Embora sabendo da existência da Luz, até porque a Luz não pode ser encoberto pelas trevas, ainda assim os homens preferem as trevas. Daí vem a condenação a esses homens.

E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Jairo.

A revelação da Luz aconteceu na vinda do Jr. de Deus ao mundo a luz veio ao mundo Jairo dez a Sua revelação concedeu ao homem a possibilidade de arrependimento das obras más, e a vinda para a Luz, porém, mesmo diante desta possibilidade, ainda assim muitos escolhem a escuridão.

Se você está conseguindo enxergar essas letras, e conseguiu compreende-las, hoje é uma oportunidade de você abandonar as trevas e vir para a Luz de Cristo, para que assim você possa escapar da condenação. Mas aquele que odeia a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir. porque as trevas lhe cegaram os olhos. 1 Jairo.

Que Deus abençoe a sua vida.